Assim como em uma adequada visão teológica da Igreja


CIDADE DO VATICANO, quinta-feira, 6 de maio de 2004

João Paulo II pediu aos bispos dos Estados Unidos que velem pessoalmente por uma «madura e equilibrada» formação no celibato e na visão teológica da Igreja que os candidatos ao sacerdócio recebem nos seminários.


Foi o pedido que o bispo de Roma apresentou esta quinta-feira aos bispos das províncias eclesiásticas de Detroit e Cincinnatti, que concluíam sua visita «ad Limina Apostolorum».


«Alento-vos a visitar freqüentemente o seminário para conhecer pessoalmente os que um dia serão os sacerdotes de vossas Igrejas locais», disse-lhes em seu discurso pronunciado em inglês.


«Estes contatos diretos ajudarão também a assegurar que os seminários formem personalidades maduras e equilibradas, homens capazes de estabelecer relações humanas e pastorais profundas, com conhecimento da teologia, com uma vida espiritual sólida e com amor pela Igreja», afirmou.


«Uma adequada formação na castidade e no celibato continua sendo um componente essencial da instrução no seminário --sublinhou--, junto à apresentação de uma compreensão correta e sólida da Igreja e do sacerdócio».


Em particular, deve incluir «a identificação precisa e clara daquelas posturas que não são compatíveis com a definição autorizada da Igreja como se expressa no Concílio e nos documentos da renovação pós-conciliar», afirmou.


«Trata-se de uma responsabilidade pessoal que recai sobre vós, pastores preocupados pelo futuro de vossas Igrejas locais, e que não pode ser delegada», recordou o Papa aos bispos americanos.